Voltar Ir para o CaridadX

Giving Tuesday

O que é o Giving Tuesday? Primeiro, a tradução literal "Terça-feira de Doação". Agora, uma explicação mais detalhada.

Ponto org

Toda a filosofia por trás do Giving Tuesday pode ser encontrada no site .org que foi criado (givingtuesday.org), e também no Wikipedia. Mas vamos fazer aqui uma explicação do nosso jeito, e que envolve informática.

Bill Gates

Falando em informática, não poderíamos deixar de falar do Bill Gates. Entre as várias coisas que o Bill Gates já foi na vida (fundador da Microsoft, pessoa mais rica do mundo, entre outras) ele é também o maior doador da história.

De acordo com a revista Forbes, ele não apenas é o maior doador, trabalhando ativamente no convencimento de outros bilionários a doar, como também tem uma uma diferença "abismal" para o terceiro colocado. Bill Gates doou U$ 30 Bi e o terceiro lugar doou U$ 1 Bi.

Talvez o maior ensinamento com relação a isso não é apenas o ato de doação em si, mas principalmente os "valores".

Ver a ordem de prioridades de uma pessoa que é a mais rica do mundo é inspirador. Mais inspirador ainda por essa pessoa ser também da área de informática, como nós.

Mas o que o Bill Gates tem a ver com o Giving Tueday?

Talvez ele seja o maior apoiador individual do Giving Tuesday. Basta ver aqui, aqui, aqui e aqui.

Filosofia

A filosofia, e a época estipulada para eleger a "terça" do Giving Tuesday não poderia ser mais provocativa.

O Giving Tuesday segue um feriado que já é consagrado nos Estados Unidos como o início da temporada de maiores gastos com bens de consumo, o feriado de Thanksgiving (dia de Açāo de Graças). O mundo do comércio não podia deixar por menos e criou o conceito da Black Friday, ou sexta-feira negra, onde muitas promoções, já visando o Natal, são feitas. Também para não perder a "onda" do feriado e ainda na linha de compras para as festas de fim de ano, foi criado o conceito da Cyber Monday, ou segunda-feira cibernética, com promoções principalmente voltadas para produtos de tecnologia.

Claro, sabemos que o comércio se comporta assim, pois precisa vender. Mas o mais interessante foi o nascimento do movimento do Giving Tuesday, que não originou do comércio.

O movimento do Giving Tuesday nasceu como muitos empreendimentos sociais nascem, através da visão de um comportamento da sociedade (que de um certo ponto de vista se apresenta como um comportamento doentio) aliado a uma sensação de "basta"! Basta, não está certo!

Mas não é apenas um basta. É um basta, mas eu vou fazer. Basta, mas eu vou criar. E assim foi criado o Giving Tuesday.

Talvez, para colocar nas nossas cabeças que há mais do que o consumo. Que existem pessoas no mundo que precisam de ajuda. E que devemos, como sociedade, ajudar.

Então, nesse dia tão importante que é hoje, fica aqui nossa mensagem. Tentando fazer a diferença.

Quem sabe nessa terça-feira de doações, você também pode fazer o bem... sabendo a quem...